Fazer uma reserva

Bar Vendôme

Paragem indispensável quando se passa um dia no Ritz Paris, este bar destila o ambiente caloroso de uma grande cervejaria parisiense. Há sempre qualquer coisa a acontecer no Bar Vendôme, do pequeno-almoço ao jantar, do almoço aos últimos copos. Servem-se sanduíches e saladas césar a qualquer hora do dia! O chá da tarde é servido com salgados, scones e doces criados pelo Chefe Pasteleiro François Perret. Enquanto uns apreciam as longas tardes sob o céu de Paris e a sublime cúpula envidraçada retráctil, outros preferem o veludo vermelho e o ambiente íntimo junto ao bar... Um grande clássico? Instale-se confortavelmente a partir das 18h00 para desfrutar das notas convidativas do piano de cauda.

O pequeno almoço 10:00 - 12:00
O almoço 12:00 - 15:00
O chá 15:00 - 18:00
À noite 18:00 - 22:00
Vai adorar

Uma janela a céu aberto

Ligação entre o Bar Vendôme e a sua esplanada, a cúpula envidraçada recupera os códigos da Belle Époque.
Nos dias mais bonitos, abre-se, recolhendo as suas asas de vidro para melhor deixar entrar a luz do céu de Paris. Quando chove, o seu guarda-chuva transparente ri-se das intempéries e deixa correr as confidências ao sabor da chuva.
Assim que chega o frio, o bar toma o aspeto de um jardim de inverno, com tapetes, cortinados e cadeirões de veludo, à semelhança do interior.
De dia, é banhado pela luz. De noite, torna-se íntimo das estrelas. Do primeiro café ao último copo, é a alma do Ritz Paris.

Um pouco mais de contexto...

Homenagem às mulheres

Na década de 1900, o Ritz Paris foi um dos primeiros hotéis a permitir a entrada de mulheres não acompanhadas.
Adoravam ser ali vistas para o “Chá das Cinco”, um ritual importado de Londres por César Ritz.

Últimas novidades

Puttin' on the Ritz

Há noites em que o jazz marca o ritmo no Bar Vendôme.

À quarta-feira, o piano de cauda convida um contrabaixo, um violino e uma guitarra e põe toda a gente em consonância. A música marca o ritmo do bar e destila as suas notas azuis sob a cúpula envidraçada.

As iguarias segundo François Perret

Éclair de chocolate com açúcar em pó, mil-folhas invertido, madalenas com recheio de mel ou mousse cremosa do pudim mármore. Nas suas vitrinas deslumbrantes, as sobremesas deixam-se ver, mas não revelam tudo para aguçarem o seu desejo de requinte.